Março Mulher

O consenso global emergente é que, apesar de alguns progressos, as mudanças reais têm sido lentas para a maioria das mulheres e meninas em todo o mundo. Hoje, nenhum país pode afirmar ter alcançado a igualdade de gênero. Vários obstáculos permanecem inalterados na lei e na cultura. Mulheres e meninas continuam subvalorizadas; elas trabalham mais e ganham menos e têm menos opções; e experimentam múltiplas formas de violência em casa e em lugares públicos.”

As BPWs de todo o Brasil, durante o mês de março, com base no Projeto ‘Março é Mulher’ desenvolvem ações relativas ao Dia Internacional da Mulher visando sempre o fortalecimento e união das BPWs em voz uníssona e este ano, dia 25 de março, terá como tema central "Mulher e Saúde Plena - Desafio em 2020", possibilitando a realização de inúmeras atividades voltadas à saúde emocional e física visando o fortalecimento da mulher como um todo. O Comitê Direitos da Mulher BPW Brasil coordena o Projeto “Março é Mulher” juntamente com as BPWs locais e este ano, diante da abrangência do tema, contará com o suporte do Comitê da Saúde da BPW Brasil.
O Março é Mulher, é um evento da BPW Brasil, implantado com sucesso em várias cidades do brasileiras, sendo que a BPW Cuiabá o criou e realiza o projeto, ininterruptamente desde 2003. Em 2012 tornou-se nacional, sendo primeiramente abraçado pelas BPWs Presidente Prudente e na sequência Florianópolis. Hoje todas as organizações do país realizam o projeto, que faz grande sucesso, e sempre conta com muitos parceiros, apoiadores e patrocinadores, a exemplo do Sebrae, Associação Comercial, Federações da Indústria e do Comércio, prefeitura, governos de Estado, Casas legislativas (Câmara e Assembleia) dentre outras instituições governamental e não governamental.

Outros apoiadores estratégicos fidelizados nas realizações das edições anuais do referido Projeto e, neste ano, amplia-se ao estabelecer parcerias com outras organizações e instituições de defesa dos direitos da mulher, em especial, as integrantes da Rede de Proteção da Mulher: Patrulha Maria da Penha - Brigada Militar, Ministério Público, Defensoria Pública, OAB, Polícia Civil, Coordenadoria da Mulher, Conselho dos Direitos da Mulher, entre outras. Salienta-se que o Projeto “Março é Mulher”, tem como Objetivos Específicos: promover ações e eventos de impacto na esfera do empreendedorismo, destacar a saúde plena da mulher, inclusive quanto a prevenção e combate da violência contra a mulher e, integrar e reconhecer os méritos das mulheres.

A temática "Mulher e Saúde Plena - Desafio em 2020" perpassa pela prevenção e combate da violência contra a mulher. O Conselho Nacional de Justiça conceitua os diversos tipos de Violência contra a mulher como “qualquer conduta - ação ou omissão - de discriminação, agressão ou coerção, ocasionada pelo simples fato de a vítima ser mulher e que cause dano, morte, constrangimento, limitação, sofrimento físico, sexual, moral, psicológico, social, político ou econômico ou perda patrimonial. Essa violência pode acontecer tanto em espaços públicos como privados.

Violência de gênero - violência sofrida pelo fato de se ser mulher, sem distinção de raça, classe social, religião, idade ou qualquer outra condição, produto de um sistema social que subordina o sexo feminino.

Violência psicológica - ação ou omissão destinada a degradar ou controlar as ações, comportamentos, crenças e decisões de outra pessoa por meio de intimidação, manipulação, ameaça direta ou indireta, humilhação, isolamento ou qualquer outra conduta que implique prejuízo à saúde psicológica, à autodeterminação ou ao desenvolvimento pessoal.

Violência intrafamiliar/violência doméstica - acontece dentro de casa ou unidade doméstica e geralmente é praticada por um membro da família que viva com a vítima. As agressões domésticas incluem: abuso físico, sexual e psicológico, a negligência e o abandono.

Violência física - ação ou omissão que coloque em risco ou cause dano à integridade física de uma pessoa.

Violência institucional - tipo de violência motivada por desigualdades (de gênero, étnico-raciais, econômicas etc.) predominantes em diferentes sociedades. Essas desigualdades se formalizam e institucionalizam nas diferentes organizações privadas e aparelhos estatais, como também nos diferentes grupos que constituem essas sociedades.

Violência moral - ação destinada a caluniar, difamar ou injuriar a honra ou a reputação da mulher.

Violência patrimonial - ato de violência que implique dano, perda, subtração, destruição ou retenção de objetos, documentos pessoais, bens e valores.

Violência sexual - ação que obriga uma pessoa a manter contato sexual, físico ou verbal, ou a participar de outras relações sexuais com uso da força, intimidação, coerção, chantagem, suborno, manipulação, ameaça ou qualquer outro mecanismo que anule ou limite a vontade pessoal. Considera-se como violência sexual também o fato de o agressor obrigar a vítima a realizar alguns desses atos com terceiros.”

A agressão não precisa ser física para ser violenta. Perseguir, insultar, manipular, ameaçar, violentar animais domésticos e quebrar pertences, coagir a ponto da mulher fazer coisas que ela não queira, humilhar e chantagear, ou seja, qualquer conduta que cause danos emocional, diminuição da autoestima ou que prejudique e perturbe o pleno desenvolvimento da mulher e pretenda degradar ou controlar as ações, comportamentos, crenças e decisões é definida pela Lei Maria da Penha como violência psicológica, onde as marcas e dores são invisíveis e as mulheres vítimas podem requerer medidas protetivas.

Realizar em março o Projeto BPW “Março é Mulher”, diante do mês voltado para Mulher, visa valorizar o papel feminino, motivar, sensibilizar, expor produtos e serviços, promover rodada de negócios de interesse feminino e ampliar as discussões em torno do empreendedorismo dentro da perspectiva de gênero, e neste ano, traz para discussão a saúde física e emocional das mulheres, para que as empreendedoras continuem bem sucedidas com saúde plena, para realizar ainda mais negócios.

  • LinkedIn - Black Circle
  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube